domingo, 13 de dezembro de 2020

Uma reflexão sobre Capitão Wagner e o futuro das oposições no Ceará

Reprodução Facebook

O Deputado Federal Capitão Wagner (do PROS) reuniu parte dos mentores intelectuais de sua jornada política e eleitoral acenando assim que daqui em diante pretende fazer uma política profissional e estratégica, tal qual fazem os seus adversários liderados pelos "Ferreira Gomes" .

Que Capitão Wagner é um homem sério disso quase ninguém duvida. No entanto, para enfrentar os estrategistas de plantão é preciso para além de densidade eleitoral, jogadas pontuais e certeiras.

Depois de um primeiro turno fraco, sem visão ou qualquer jogada de estratégia que tivesse algum diferencial, Wagner Sousa quase ganha a eleição no segundo turno, isto é,  no segundo turno o profissionalismo exigido pela política impulsionou o candidato do PROS de fisgar uma grande vitória.

Certamente as famigeradas pesquisas influenciaram o resultado em alguma proporção. 2022 vem aí e para quem vive ou analisa a política de alguma forma,  só resta aguardar os próximos embates.

Nenhum comentário:

Bolsonaro quer Auxílio Brasil de R$ 400 e pode anúnciar a qualquer momento

O presidente Jair Bolsonaro pressionou seus ministros a garantir um pagamento médio de R$ 400 por mês no Auxílio Brasil, program...