sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Entenda por que o Facebook está sendo processado nos Estados Unidos

 

48 dos 50 estados do país acusam a plataforma de monopólio, e a Comissão Federal do Comércio pede que Instagram e WhatsApp voltem a ser empresas separadas. 



Na última quarta-feira (09), a Comissão Federal do Comércio dos Estados Unidos (FTC, na sigla em inglês) abriu um processo contra o Facebook – e não foi a única. No mesmo dia, 48 dos 50 estados americanos também processaram a empresa de tecnologia. A acusação, em ambos os casos, é a prática de monopólio.

Quem iniciou a ação antitruste foi a procuradora-geral do estado de Nova York, Letitia James. “Truste” vem do inglês “trust”, que significa “confiar”, mas aqui dá o sentido de “acordo”: é a união entre duas ou mais empresas no intuito de unir forças para suprimir a concorrência de determinado setor da economia. O processo gira em torno, justamente, das aquisições do Instagram e do WhatsApp, feitas pelo Facebook em 2012 e 2014, respectivamente. Outros 47 estados se juntaram a James no processo.

A ação da FTC, agência reguladora responsável por garantir o livre mercado, defende os mesmos argumentos que o processo estadual, mas dá um passo além. Pede que a Justiça americana desfaça as aquisições do Facebook. Neste caso, Instagram e WhatsApp voltariam a ser empresas independentes. 

Com informações de Rafael Bataaglia da Revista Super






 







Nenhum comentário:

O que você precisa saber para se inscrever e receber o Auxílio Brasil de R$ 400

  O Auxílio Brasil é o novo programa de transferência de renda que vai substituir o  Bolsa Família  a partir de novembro. O que vem chamando...